Guarapuava/Poker - PR 5 x 2 Floripa Futsal - SC
Intelli - SP 4 x 4 Umuarama - PR
Copagril - PR 4 x 6 Concórdia - SC
Corinthians - SP 5 x 2 Joinville/Krona- SC

Paulista Mirim Interior contará com equipes de três cidades  •  Com 20 clubes, Liga Futsal acontece só depois da Copa  •  Liga Paulista de Futsal começa nesta segunda com 20 equipes  •  Fundação e Filsan recebem abertura do Paulista Mirim   •  Liga Futsal entra nas quartas de final  •    
caderno Craque em Foco
Schumacher se destaca no Mundial


Ganhador da Bola de Prata em 2004, no Mundial da China Taipei, o craque brasileiro Schumacher vem se destacando também no Mundial do Brasil, que está sendo disputado nas cidades de Brasília e Rio de Janeiro.
Schumacher já fez seis gols em três jogos, mas não é pelos gols que o jogador vem se destacando. O craque do Inter/Movistar da Espanha tem tido uma postura firme, exercendo forte marcação sobre os adversários e comandado o time de PC de Oliveira em quadra.
Aos 33 anos de idade, provavelmente está será a última oportunidade para o craque conquistar um título mundial pela seleção brasileira. Em 2004 o jogador foi terceiro colocado com o Brasil, marcando cinco gols e sendo eleito o Bola de Prata, com Falcão escolhido o melhor do mundo, com o troféu Bola de Ouro.
O paulistano Schumacher começou no futsal na categoria juvenil, mas jogando pelo principal do Pirituba F.C. na primeira divisão. Naquela oportunidade jogava de ala, fazendo parceria com o pivô Paulinho (atualmente jogando pelo Terna Seguros, no Futsal Cup – a versão paulista da Liga Futsal) e chegando à decisão do Metropolitano da primeira divisão do futsal paulista.
Depois foi indicado pelo pivô Joacir, grande craque do futsal paulista, seu grande amigo, para jogar pelo Corinthians. O jogador ficou praticamente um ano treinando sem ser aproveitado pelo técnico Ernani Passaglia Júnior. A oportunidade surgiu em uma partida na qual o técnico corintiano tinha vários desfalques, seja por contusão ou lesão. Ainda assim Schumacher ficou no banco de reservas. Em certa altura do jogo um dos jogadores do Timão se lesionou. O técnico olhou para Schumacher e perguntou se ele poderia jogar de fixo. O craque topou na hora, era a oportunidade que lhe faltava, e daí pra diante não saiu mais do time.
Diante do sucesso, Schumacher foi contratado pela GM, então uma das grandes potências da época. Depois foi para o Vasco da Gama, tornando-se campeão da Liga Nacional de Futsal e diversos outros títulos, até ir para o futsal espanhol, aonde é tricampeão.
Flávio Sérgio Viana ganhou o apelido de Schumacher nas peladas de rua. "A gente brincava de ataque contra defesa. Quando eu ia pro gol e fazia alguma defesa gritava Schumacher, em homenagem ao goleiro Alemão. Aí o pessoal passou a me chamar de Schumacher", relembra o craque.

Apoio:

Demais notícias

  Eventos em destaque  
 
 
     
  Publicidade  
 







 
     
 

  Jornal do Futsal
Rua Palminópolis, 115 / 36
05584-090 - Jd. Boa Vista - São Paulo - SP
Fone.: (11) 3462-8861